Por que a profissão dos professores é pouco valorizada no Brasil?

Uma das profissões mais desvalorizadas do Brasil atualmente é a de professor. Esses profissionais extremamente importantes para a formação da sociedade e de profissionais que ocupam todos os espaços que frequentamos. Os professores são responsáveis pela formação educacional das pessoas passando seus conhecimentos com o objetivo de promover um maior conhecimento sempre. Porém, ultimamente esses profissionais vem enfrentando grandes dificuldades na hora de exercerem seu papel.

Estrutura inadequada, falta de materiais e de salários adequados fazem com que milhares de professores enfrentem dificuldades quase que diariamente e colocam em dúvida sua profissão devido a falta de valorização.  Dentre esses profissionais os que mais enfrentam dificuldades são os professores de escolas publicas que são obrigados a lidar rotineiramente com salas de aula sem ventilador, escolas sem água e lanche para os alunos, bombas e outras brincadeiras desnecessárias, brigas fúteis, violência gratuita e xingamentos. Fora tudo isso os professores ainda têm que escutar de muitos pais que eles que tem a obrigação de ensinarem aos seus filhos bons modos e entre outras coisas, tirando a responsabilidade da família e jogando nos professores.

Os professores brasileiros geralmente realizam jornada dupla trabalhando maior ou menos 40 horas por semana em escolas diferentes para no fim receber uma quantia que não passa de R$2.600 por mês. Essa realidade no Brasil é extremamente triste pois profissionais tão importantes para o crescimento de todas as pessoas da sociedade não recebem o reconhecimento e valor que merecem. Enquanto no Brasil o salário é baixíssimo para o trabalho que enfrentam em países como a Finlândia esses profissionais recebem cerca de R$5,3 mil por mês e ao ano chega a R$64 mil.

Os professores conseguem salvar a vida de milhares de crianças que encontram nas salas de aula a possibilidade de conseguirem imaginar um novo mundo para eles muito melhor do que estão, tudo isso graças a pequenas atividades simples e básicas como caligrafia para imprimir e tabuada para imprimir que fazem com que crianças e adolescentes despertem para a educação e assim comecem a sonhar em um futuro enorme para eles, como se tornarem matemáticos, escritores, engenheiros, médicos e entre outras profissões.

Os professores ainda vão enfrentar inúmeras dificuldades em sua profissão devido a falta de reconhecimento que a sociedade da para eles, mas aos poucos vão conquistando seus espaços com a mudança que eles fazem no mundo graças ao pensamento e desejo de transmitir conhecimento e educação a todos que passam em suas salas de aula.

Técnico ou superior? Saiba qual melhor opção de curso para sua profissão

O número de pessoas interessadas em cursos superiores vem crescendo devido ao objetivo e necessidade de se profissionalizar para o mercado. Diante disso uma dúvida vem se tornando muito presente na vida desses futuros alunos que é, técnico ou superior, qual a melhor opção de curso para escolher? E para saber qual escolher é necessário saber o que cada um é e os benefícios que podem oferecer.

Por que escolher uma graduação?

A graduação comparada ao ensino técnico é uma formação mais profunda. Possui cursos que duram de três a seis anos e os estudantes têm contato com conceitos, discussões, teorias e prática que fazem eles terem uma noção do mercado de trabalho através de estágios antes mesmo de conseguirem o diploma.

Para ingressar em uma graduação é necessário ter finalizado o ensino médio e prestar vestibular em faculdades privadas ou fazer a prova do ENEM e concorrer a uma vaga nas universidades públicas.

Também é possível ingressar em uma instituição de ensino superior através de programas do governo como o FIES 2022 e o ProUni, para quem decidir seguir esse caminho é necessário ficar atento para as inscrições abertas para o FIES 2022.

Para quem decidir fazer uma graduação é necessário escolher entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo que possuem diferenças e a escolha depende do objetivo profissional de cada um.

  • Bacharelado: mais voltado para a pesquisa onde os currículos formados no curso proporcionam uma formação mais geral que é voltada para o mercado de trabalho. possui duração de quatro a seis anos.
  • Licenciatura: a formação consiste em capacitar os profissionais pedagogicamente para ministrarem aulas nos ensinos fundamentais e médio. Possui duração de quatro a seis anos assim como o bacharelado.
  • Tecnólogo: essa modalidade é mais voltada para o mercado de trabalho. Os cursos apresentam conteúdo teórico, mas possuem um foco maior em aulas práticas para aprofundar o conhecimento dos alunos par atuarem na área escolhida de forma satisfatória. Sua duração é mais curta que as outras, sendo em média de dois a três anos.

Cursos técnicos

Os cursos técnicos preparam os estudantes para funções práticas em diversas áreas do conhecimento. A didática oferecida é voltada para satisfazer as necessidades do mercado de trabalho preparando assim profissionais aptos para desempenharem as funções selecionadas.

A escolha por realizar um curso técnico traz algumas vantagens especiais, como é o caso de:

  • Permitir que pessoas mais novas tenham contato com o mercado de trabalho através dos cursos técnicos na modalidade técnico integrado ao ensino médio, onde ingressam jovens de 14 anos.
  • Possibilita o conhecimento de práticas mais cotidianas de cada área.
  • Possibilita uma independência financeira ainda no ensino médio.

A escolha entre uma graduação e cursos técnico é muito pessoal, mas com toda certeza as duas opções oferecem vantagens e promovem um diferencial na hora de disputar uma vaga no mercado de trabalho.

Cursos gratuitos e mais formas de se reinserir no mercado de trabalho

O mercado de trabalho no Brasil está cada vez mais concorrido e devido a isso os profissionais vêm buscando recursos que possibilitem a eles se destacarem para conseguirem assim uma vaga que é tão disputada.

As empresas vêm procurando profissionais qualificados que possam aumentar significativamente os resultados da empresa e que apresentem já uma boa experiência na área em questão, o que torna, para algumas pessoas, um grande desafio conseguir o emprego.

Muitos jovens brasileiros vêm investindo muito em cursos de qualificação para iniciarem no mercado de trabalho já com um diferencial para se dedicarem. Assim como os jovens, muitos adultos também buscam maneiras de se qualificarem para se reinserir no mundo profissional apostando nos estudos para isso.

Muitos brasileiros deixaram a um bom tempo os estudos de lado para se dedicarem ao mercado de trabalho por necessitar sustentar a família e atualmente, em alguns casos, se sentem um pouco prejudicados. Devido a isso muitos adultos vêm procurando se informar sobre a prova do ENCCEJA.

O que é o ENCCEJA?

O ENCCEJA é a possibilidade para todos os brasileiros que não terminaram o ensino fundamental e médio conseguirem o diploma de conclusão para ingressarem no mercado de trabalho ou iniciarem uma graduação.

O principal objetivo do ENCCEJA é construir uma referência para a educação nacional dos jovens e adultos através da avaliação do conhecimento adquirido em todo o processo escolar que esses jovens e adultos passaram.

Prova do ENCCEJA

A prova do ENCCEJA segue todos os critérios estabelecidos pela legislação cumprindo os requisitos básicos para o ensino fundamental e médio. A avaliação é aplicada em um único dia e é composta por quatro provas objetivas, cada uma delas com 30 questões e uma redação.

Os componentes curriculares avaliados pelo ENCCEJA são:

Ensino fundamental

  • Língua portuguesa;
  • Língua estrangeira;
  • Artes;
  • Educação física;
  • Matemática;
  • História;
  • Geografia;
  • Ciências naturais.

Ensino médio

  • Linguagens, códigos e suas tecnologias;
  • Matemática e suas tecnologias;
  • Ciências humanas e suas tecnologias;
  • Ciências da natureza e suas tecnologias.

Para quem se interessar, as novas inscrições para o ENCCEJA em 2022 já estão chegando perto e as provas não são consideradas tão difíceis, onde os candidatos conseguem responder todas as questões sem tanta dificuldade, já que todos os assuntos cobrados são estudados em todo o ensino fundamental e médio.

O ENCCEJA vem com isso se tornando um dos grandes responsáveis por reinserir os trabalhadores no mercado de trabalho já que possibilita que eles consigam o certificado de conclusão do ensino fundamental e médio e ainda auxilia na entrada de muitos brasileiros em universidades para continuarem se qualificando e adquirindo cada vez mais conhecimento.

Novo Ensino Médio é positivo ou negativo para estudantes? Entenda mudanças!

O ensino médio começou a informar a toda a população que nos próximos anos irá apresentar mudanças significativas. A estrutura do ensino foi mudada com uma ampliação do tempo mínimo dos estudantes na escola de 800 horas para 1000 horas anuais onde os estudantes terão uma organização mais flexível do seu itinerário de ensino e com mais possibilidades.

Essa mudança tem como objetivo promover a todos os alunos um ensino de qualidade para aproximar os jovens da realidade e da demanda complexa do mundo voltado para o mercado de trabalho e da vida em uma sociedade competitiva.

Esse novo ensino médio pretende atender as necessidades dos jovens e fortalecer seus conhecimentos possibilitando que ao saírem do ensino médio encontrem um maior número de oportunidades.

Esse novo ensino vai beneficiar os alunos pois vai possibilitar que eles aprofundem seus estudos nas áreas de conhecimento que mais se identifiquem saindo do ensino médio com uma formação técnica e profissional, contribuindo para que os estudantes tenham maior interesse em frequentar as escolas e que os resultados de aprendizagem apresentados sejam maiores.

Esse novo ensino médio irá trabalhar no desenvolvimento do projeto de vida dos alunos tendo uma conversa com eles para entender e conhecer os caminhos que desejam traçar e mostrar quais as possibilidades que eles têm para que façam uma escolha responsável e consciente.

Para as escolas particulares que eram as únicas consideradas com um ensino de qualidade, porém não tão acessíveis devido ao preço, começaram a oferecer bolsas de estudo para ensino médio e as novidades também começaram a refletir nesse ensino.

Para o ensino fundamental que antecede o médio, onde os alunos irão aprender toda a base do conhecimento, algumas instituições são focadas em preparar os alunos exclusivamente para o ensino médio e consecutivamente o vestibular, fazendo com que a cada ano concluído os alunos já comecem a pensar sobre seu planejamento de vida para o futuro.

Para os alunos que ainda estão no ensino fundamental e querem um ensino particular descontos de 70% em escolas do ensino fundamental são possíveis de achar e com isso os alunos já vão se preparando para os próximos anos que estão por vir.

O novo ensino médio traz grandes mudanças que podem ser estranhadas por muitos alunos, mas também traz grandes benefícios que irão fazer com que todos os alunos já saiam do ensino médio com algo a mais para disputar uma vaga no mercado de trabalhão, e já poderão escolher sair do ensino médio com uma formação profissional ou curso técnico.